Mount Rushmore
América do Norte

Mount Rushmore

Brasil Viajando de graça com as milhas do Cartão de Crédito Publicado por Siane Camila Luzzi em 1 de February de 2018

Olá galeeera! Esse post é sobre um assunto que muuita gente ainda tem dúvida, muitos mais do que eu pensei. Não sei se os bancos não fazem questão de explicar, se as companhias aéreas não fazem questão de divulgar, ou qual é a falha de comunicação. Mas siiiiim, você pode usar seus pontos dos cartões de crédito para comprar passagens aéreas. É muito mais simples que você imagina e quem sabe você já tenha perdido muitas passagens por falta de informação. Ou então, a partir de agora pode se organizar e acumular esses pontos que fazem toda diferença na hora de planejar a sua viagem. Confere aí que eu vou responder muuuuitas perguntas e tentar te ajudar ao máximo à garantir sua próxima viagem free o//

 

 

Quem acompanha meus posts, já sabe que eu não consigo escrever pouco (mas eu juro que tento). Então eu já vou partir para o que interessa!

 

 

– Como faço para acumular pontos?

 

Para acumular pontos com o cartão de crédito, o que você precisa fazer é: usar o seu cartão de crédito o máximo possível. Tudo o que você gastar nele se transformará em milhas. Depois de conversar com muitos dos meus amigos e até os meus tios (com quem eu morava no Brasil) reorganizaram a vida financeira deles para conseguir usar mais o cartão de crédito. Afinal, pagar as contas, você precisará pagar o mesmo! A diferença é que utilizando o cartão de crédito ao invés do cartão de débito, você poderá ter algumas vantagens. Só que se organizem hein, uma coisa que eu posso falar é: se forem utilizar o cartão de crédito, utilizem só ele. Gastar no cartão de crédito e de débito, dá bobagem (pra quem não tem muito dinheiro na conta, como eu haha).

 

 

– Como cada tipo de cartão acumula diferente?

 

Gente, esses valores não são regra. Cada tipo de cartão tem um tipo de conversão (e isso pode variar de banco para banco), embora todos sejam baseados no valor do dólar. Por exemplo:

– para cartões normais (internacional ou gold), cada USD 1.00, corresponde a 1 ponto;

– para cartões platinum, cada USD 1.00 gasto, corresponde a 1.5 pontos;

– para cartões infiniti, cada USD 1.00 gasto, corresponde a 2 pontos.

 

 

– Como sei se já possuo pontos acumulados? E onde posso encontrá-los?

 

Acredito que hoje em dia, apenas o Nubank não tenha programas de pontos que podem ser transformados em milhas no Brasil. As bandeiras, VISA, Mastercard, American Express, Diners, e outras, tem o acúmulo de mihas.

 

Você não precisa se cadastrar em nada para acumular esses pontos, eles estarão na sua fatura todos o mês.

 

Para saber quantos pontos você tem, isso também dependerá do banco que você utiliza. Mas no geral, todos apresentam a pontuação na fatura que você recebe todos os meses. Mas aonde? Geralmente esses pontos estarão apresentados no resumo da fatura, aquele quadro na lateral direita da primeira página. Dá uma procurada que você vai encontrar.

 

Mas Si, só na fatura? Não, tem bancos que você pode saber pelos aplicativos de celular e computador. A outra opção que com certeza funciona, é a de ligar e perguntar. Quem usa banco do Brasil acha esse serviço bem fácil no app do celular.

 

 

– Esses pontos que acumulo no meu cartão de crédito, tem algum vencimento?

 

Siiiim, infelizmente sim ;~ Os pontos vão vencendo ao final de 1 ano. Por exemplo, se você acumulou 1.000 pontos na sua fatura de janeiro de 2018, esses mil pontos não estarão mais na sua fatura de janeiro de 2019. Ou seja, você precisa transferir seus pontos para alguma companhia aérea antes do fim desse ano. Se não me engano, essa regra vale para todos os bancos e todos os tipos de cartões de crédito.

 

 

– Tenho pontos na minha fatura, o que fazer agora?

 

Agora você precisa escolher uma das companhias brasileiras que possui programa de pontos e se cadastrar. Se você não tiver cadastro prévio, não tem como você transferir seus pontos, pois não tem para onde eles irem.

 

Para isso, você tem quatro opções: o “Smiles” (que é o programa da Gol), a “Multiplus” (que é o programa da Latam), o “Tudo Azul” (que é o programa da Azul”) e o “Amigo” (que é da Avianca).

 

 

­– Si, qual programa eu escolho?

 

Gente, eu vou dar uma indicação, pois é o programa que eu e minha família usamos. Porém, você precisa ver qual é a sua necessidade e qual companhia aérea vai ser melhor para você. Por exemplo, as vezes a Azul opera na sua cidade ou em uma cidade bem perto da sua, mas a Gol e a Latam, não. Então se você pretende usar seus pontos para voos nacionais (ou se você quer ir para Miami), a Azul é uma boa opção.

 

Eu, Siane, uso e indico a Smiles.

 

Por que? Porque a Gol tem uma malha área bem grande, fica fácil achar lugares para voar com ela dentro do Brasil. E mais, eles tem muuuuuuitas companhias parceiras fora do Brasil. Com isso, você consegue usar os pontos para sair do Brasil para, praticamente, qualquer lugar do mundo. E também, como estou morando fora, eu consigo comprar passagens de uma cidade para outra dos EUA (isso funciona na Europa e nos outros continentes também) pelo site da Smiles. Eu acho isso muito bom e muito fácil.

 

A partir de agora, eu vou falar apenas na Smiles, pois é o programa de milhas que eu conheço e que eu sei que posso compartilhar minhas experiências. Para se cadastrar na Smiles, clique aqui.  (Smiiiiiles, não to ganhando nada, mas se quiserem adicionar umas milhas na minha conta, serão sempre bem-vindas kkkkkkk)

 

 

– Como transfiro meus pontos?

 

Isso depende de banco para banco, mas o principal meio é o telefone. Calma gente, eu sei que ninguém aqui quer perder uma eternidade ligando para cartão de crédito, mas ligar é o melhor meio. A ligação não demora, sim, por incrível que pareça. Esse tipo de operação é tão rápido, que os assistentes até atendem rapidão o telefone. Eu sei que em alguns bancos você pode pedir para que seu gerente transfira para você, não custa nada perguntar né ;D Quem tem Banco do Brasil, tenho certeza que consegue pelo app do celular.

 

Para saber quais os bancos (que são 30) participantes na Smiles e quais os telefones que você deve ligar para transferir os pontos, clique aqui.

 

 

– Como ganhar milhas bônus ao transferir os pontos?

 

Gente, essa é uma das partes mais importantes. Depois que você fizer seu cadastro na Smiles, espere uma promoção para transferir as suas milhas. Eles sempre, sempre que eu digo, quer dizer = todos os meses. Todos os meses eles tem promoção para quem quer transferir milhas e isso é muuuito bom. Geralmente você consegue promoções para transferir a partir de 5.000 pontos e ganhar mais 50%. Já pensou? Se você nunca transferiu ou acumula muitos pontos durante o ano, você pode conseguir muitos bônus.

 

Por exemplo, tive uma amiga que transferiu 33.000 esses dias e estava no ar uma promoção para ganhar mais 70%, então no fim ela acumulou 33.000 (do cartão de crédito) + 23.100 (bônus) = 56.100 milhas apenas com o cartão crédito. Certo Si, mas o que eu faço com essa quantida de milhas? Olha, com isso você pode ir (e voltar) para qualquer lugar no Brasil (comprando com no mínimo dois meses de antencedência) nas suas férias. Com essa quantidade de milhas você pode ir e voltar para Buenos Aires. E se quiser, pode comprar uma passagem de ida para a Europa, EUA, Canadá… Siiiim, gente, simples assim. O que você vai precisar pagar para isso? As taxas de embarque, apenas, as taxas de embarque.

 

Dica importante: antes de transferir as milhas, olhe o site da Smiles, e sempre, SEMPRE, você precisará se cadastrar quando haver uma promoção de transferência de cartão de crédito. É rapidão, basicamente inserir seu cpf ou número smiles e apertar um botão. Se você não fizer isso, não adianta chorar depois, eles não vão creditar as milhas bônus.

 

 

Como encontrar os voos que você quer no site da Smiles

– Quanto tempo antes da viagem devo começar a procura por passagens?

 

Isso vai depender do tipo de viagem. Para voos nacionais, quanto antes você procurar, menos milhas. Se você está planejando férias, e já tem as datas fixas, não tem porque não procurar e comprar antecipadamente né? Mas se você precisa mais em cima da hora, consegue tarifas boas sim. Já comprei passagens faltando uma semana, com preços bem bons.

 

Se você vai fazer uma viagem internacional, aí é um pouco diferente. Pois não depende apenas da Gol. Então uma passagem que não tinha ontem, pode aparecer hoje e sumir amanhã. Pois as parceiras disponibilizam um certo número de potronas para a Smiles. Para voos internacionais, a minha dica é começar a olhar uns 6 meses antes. Para ver se já tem alguma opção perto da data que você quer. Se você encontrar na data que quiser, por um preço justo, compre. Se faltar apenas dois meses para a viagem, não se apavore, muito provavelmente você vai encontrar a passagem para os dias que quer, mas aí você precisa intensificar as buscas. Isso significa, olhar todos os dias.

 

Melhor dica para achar sua passagem: se você mora longe dos grandes centros, tente mais de um aeroporto. Por exemplo, minha família é de Erechim, norte do Rio Grande do Sul. Sempre que fizemos pesquisas para passagens internacionais, olhamos os aeroportos de Porto Alegre e Chapecó como pontos de partidas. E por incrível que pareça, quase sempre encontramos partindo de Chapecó. Outra coisa galera, as vezes você vai precisar comprar partida de um aeroporto e volta para outro aeroporto.

 

 

– Qual é um preço justo para passagens em milhas na Smiles?

Vou colocar alguns exemplos, todos eles correspondendo a uma ida:

 

Porto Alegre – São Paulo: de 3.000 à 7.000;

Curitiba – Brasília: de 2.000 à 9.000;

Curitiba – Fortaleza: 6.000 à 12.000;

Chapecó – Veneza: 45.000 à 60.000;

Chapecó – Miami: 30.000 à 45.000;

Porto Alegre – Paris: 45.000 à 60.000;

Porto Alegre – New York: 45.000 à 60.000;

Brasilia – Toronto: 45.000 à 55.000;

Miami – New York: 12.000 à 16.000;

Roma – Budapeste: 10.000 à 14.000.

 

Esses valores levam em consideração o que encontramos no ano de 2017, mas que no inicío de 2018 ainda estão os mesmos, e são para a classe economica. Para a classe executiva, as passagens podem variar de 70.000 à 220.000 milhas, dependendo o trecho e a companhia aérea. Outra coisa que influencia muito, é a época e se tem algum evento especial no lugar de destino, não se esqueça de verificar isso.

 

 

– E se eu não tiver milhas suficientes?

 

Caaaaalma, não se assuste. Você tem duas opções: compra da passagem dividindo em milhas mais dinheiro, ou compra o restante de milhas que faltar.

Se você resolver comprar mais milhas, a Smiles também tem promoções bem frequentes para isso. Geralmente são de: compre uma milha e ganhe 100%, mais ou menos a cada dois meses a promoção é compre uma milha e ganhe 150%, e uma vez no ano eles fazem a promoção de compre uma milha e ganhe 200%. Tudo depende da sua urgência em ter as milhas. Apenas uma coisa sobre essas milhas bônus, geralmentesão válidas por apenas 6 meses. Então quando você for trocar esses pontos, já tenha isso em mente, para as milhas não expirarem e depois você ter que pagar para reativá-las.

 

 

– Com que frequencia podem mudar e aparecer novos voos?

 

Os voos nacionais não são alterados com muita frequencia, é questão de demanda mesmo.

Já os os voos internacionais, são adicionados semanalmente, segundo uma atendente da Smiles. Quando eu questionei, a pessoa disse que eles atualizavam a base de dados, ao menos, toda terça-feira.

 

 

– Posso cancelar os voos comprados com milhas?

 

Sim, você pode cancelar. Se suas milhas não estavam para vencer, você as receberá integralmente de volta. Se elas vencerem, você terá que reativá-las para usar novamente (reativar custa dinheiro). Porém, você terá que pagar uma taxa de cancelamento para ter suas milhas de volta.

 

Se o voo for nacional, a taxa de cancelamento é de R$170,00 e você receberá um reembolso da taxa de embarque. Para voos internacionais, a taxa de cancelamento é de R$250,00 e você também recebe o valor da taxa de embarque de volta. Em ambos as milhas retornam à sua conta (se não estiverem expiradas).

 

 

– Consigo comprar passagens em outros paises?

 

Como já mencionei anteriormente, sim, você conseguirá comprar passagens internas em outros países. E geralmente, mais barato. Mas cuidado, pois elas obedecem às regras das companhias aéreas do país, ou seja, muito provavelmente não terá franquia de bagagem associada, por exemplo.

 

 

– Como funciona a franquia de bagagem?

 

Como as regras nacionais mudaram, agora você não tem mais direito à bagagens despachadas, à não ser que pague por elas (ou tenha alguma das vantagens da Smiles, que vou falar ali embaixo). No próprio site da Smiles, quando você estiver comprando a passagem, você conseguirá comprar o direito à despachar uma bagagem, se for necessária. O custo da primeira bagagem despachada será de R$35,00 ou você poderá pagar em milhas.

 

Para passagens internacionais, saindo e chegando do Brasil, você terá direito à duas malas de 23kg, à não ser que não esteja especificado no seu bilhete que você não tem. Vale a pena verificar com a companhia antes da viagem.

 

 

– Posso utilizar meus pontos para outras coisas além de passagens aéreas?

 

Siiim! Na Smiles você consegue reservar hotel (no mundo todo), alugar carro (no mundo todo) e também comprar no shopping smiles.

 

 

Como acumular milhas com pagamentos mensais no “Clube Smiles”?

 

O que eu vou falar a partir de agora, não tem mais muuuuito a ver com seu cartão de crédito, mas com uma opção que a Smiles te dá para você acumular mais milhas todos os meses. Além de sempre ter mais vantagem nas promoções.

 

 

– O que é o “Clube Smiles”?

 

É um clube de vantagens, onde todo o mês você pagará uma mensalidade e receberá uma certa quantidade de milhas. Você não é obrigado a pagar para conseguir transferir suas milhas do cartão de crédito. O clube é para quem quer ter mais promoções (como ganhar mais bônus na transferência de milhas e mais descontos na hora comprar passagens) e juntar mais milhas mensalmente, independente de acumular com o cartão de crédito ou não.

 

 

– Vantagens de se cadastrar e participar do clube smiles

 

Pago o clube smiles desde 2015. As vantagens vão desde receber milhas bônus à descontos especiais em passagens nacionais e internacionais, e sim, elas valem muito a pena. Outra coisa, é que com o clube você pagará, no mínimo, 50% a menos do valor da milha.

 

 

– Quais as opções de quantidade de milhas e valores?

 

Uma imagem valem mais que mil palavras né?

 

Fonte: Clube Smiles. Disponível em: https://www.smiles.com.br/clube-smiles Acesso em: 28 de janeiro de 2018.

 

 

– O que são essas “milhas qualificáveis”?

 

As milhas qualificáveis são o que lhe permitirá subir de categoria dentro do Clube Smiles. Mas o que isso significa? Que se você juntar 10.000 milhas qualificáveis ou fazer 10 trechos com a Gol em doze meses, você passará para a categoria Prata, e ganhará uma bagagem para dispachar todos os voos, tem preferência para ganhar acentos mais conforto gratuitamente e ganha mais milhas ao transferir pontos. Outra coisa que te ajuda a ganhar milhas qualificáveis, são as transferências de pontos dos cartões de crédito.

 

 

– Cartões de crédito Smiles

 

Sim, a Smiles tem seus próprios cartões de créditos e eles dão muitas mais vantagens para quem usa. Pois com eles você acumula ainda mais milhas e tem vantagens como acesso gratuito para você e mais uma pessoa às salas VIPs da gol, tanto em nacionais quanto internacionais (como no aeroporto de guarulhos). Além de fila exclusiva de check-in, prioridade na bagagem e mais peso na sua bagagem despachada. Vou deixar mais uma imagem aqui, para ficar mais fácil. Para você que já tem cartões de crédito do Banco do Brasil, Bradesco ou Santander, é bem mais fácil de pedir pois não precisa alterar em nada suas contas.

 

Os tipos de cartões que você pode pedir, são esses abaixo:

 

Fonte: Novo cartão de crédito Smiles. Disponível em: https://www.smiles.com.br/novo-cartao-de-credito-smiles Acesso em: 28 de janeiro de 2018.

 

 

Galera linda, se ficar mais dúvidas, deixem comentários que eu respondo. Lembrem de compartilhar essa publicação e de nos seguirem nas redes sociais. Tem muuuuito foto legal no nosso insta @blogzerandoavida e sempre que tem post novo, anunciamos lá! Espero que tenham gostado e que aproveitem para viajar muito mais a partir de agora! Se precisarem de ajuda, mandem mensagem! Beijinhos e até logo ;**

 

Siane Camila Luzzi

Siane Camila Luzzi


Engenheira Ambiental, 27 anos, de coração e tradição gaúchos, está fazendo mestrado na UMN, em Minneapolis, EUA. Fica super ansiosa antes de qualquer viagem, do tipo hiperativa, que refaz a mala no mínimo 5x, fica correndo de um lado pro outro e não dorme nas noites anteriores à viagem. Contato: sianeluzzi@gmail.com

Leia também...


Comentários