Mount Rushmore
América do Norte

Mount Rushmore

Europa Roteiro de um dia em Kotor Bay – Montenegro Publicado por Siane Camila Luzzi em 2 de December de 2018

Hoje o post é sobre um lugar que quando você vê no roteiro, você não tem uma ideia formada. Aí, quando digita no google, BOOM! Uma paisagem maravilhosa e diferente de todos os outros lugares que você vai visitar durante aquela viagem. Foi exatamente assim quando fechamos o cruzeiro pra Europa, e Kotor, em Montenegro, estava na lista dos lugares ao qual passaríamos um dia. Foi amor a primeira vista só olhando as fotos. Bora ficar umas horinhas nesse lugar incrível? Vem conhecer Kotor, Montenegro.

 

Kotor Bay, Montenegro

Não sei vocês, mas eu corro para o google maps (depois de ver umas fotos) para saber pra onde estou indo quando compro esses pacotes. E achei muito diferente quando percebi que passaríamos por um canal no Mar Adriático. O que fazemos nesse caso então? Acordamos bem cedinho, 6h da manhã, para subir no último deck do cruzeiro e admirar o sol nascendo em meio as montanhas. Gente, foi maravilhoso. O ar estava fresquinho (mesmo para um verão de julho), o sol vinha devagaaaar, enquanto admirávamos uma natureza sem igual no mediterrâneo.

 

Kotor Bay, Montenegro

 

O navio ficou atracado longe do porto, pois o mesmo não tinha profundidade suficiente. Fomos levamos por pequenas embarcações até terra firme (não vai perder o barco de volta depois hein urheuhruhe). Outra coisa que eu gosto de fazer é pesquisar sobre a cidade, então aí vai um pouquinho de história. Kotor é bem antiga, datando 500 a.C. Sobreviveu a tudo quanto é tipo de guerras e invasões, e ainda hoje você irá visitar as ruínas do tempo medieval da cidade (que eu vou chamar de feudo no decorrer do post).

 

Kotor Bay, Montenegro

 

Primeira dica: ao meu ver, não tem necessidade de você comprar passeios dentro de Kotor, a não ser que você queira ir para algum lugar mais longe do que a baía. A cidadezinha tem pouco mais de 5mil habitantes, é super pequena e tem um tamanho perfeito para umas caminhadas durante as poucas horas (se não me engano ao em torno de 5 ou 6) que o navio fica atracado. Conclusão, se está querendo segurar uma graninha, bora dar uma caminhadinha por aí.

 

Kotor Bay, Montenegro

 

Minha família estava junto comigo (<3) e a dinda, reparem bem nas sacolinhas na mão, amou as lojinhas locais. Eles fazem muita coisa à mão lá. Então tinha toalha, guardanapo, coberta, sei lá o que mais, com detalhes maravilhosos, e únicos. Outra coisa, é que mesmo sendo exclusivo, nada é muito caro na cidade. A foto abaixo é de um shopping bem pequeno que vocês vão encontrar a duas quadras da saída do porto (pra esquerda). O supermercado (aroma) vende muitas frutas deliciosas, cervejas feitas por ali e os chocolates são baratos :X hrehruheurh A segunda foto é de uma loja de comésticos. Gente, tinha muita coisa pra cabelo e maquiagem, das marcas mais famosas e por preços muito, muuuuito, em conta.  Vale a pena dar uma passadinha sim.

 

Kotor Bay, Montenegro

 

Voltando a falar sobre história e a cidade, quando chegamos e fomos caminhando em direção a cidadela (oposta à direção do shopping) tive a mesma sensação de quando chegamos na Acrópole. Você vê as fortificações, as pontes levadiças, e parece que você entra em um túnel do tempo. É lindo demais ver como eles tem tudo preservado e pronto para os turistas.

 

Kotor Bay, Montenegro

 

É tudo muito fofo e super bem cuidado mesmo. Hoje em dia o lugar é patriôminio mundial da UNESCO.

 

Kotor Bay, Montenegro

 

E quando eu falei sobre caminhar para conhecer, você precisa realmente caminhar bastantinho. Para tirar fotos de cartão postal a subida é bem longa, mas é recompensadora. Eles cobram 8 euros para que você possa subir até o topo do forte. No auge dos meus 24 anos não foi tão difícil. Descobrimos que poderia subir mas já era um pouco tarde, ou seja, treino do dia: caminhada com subida íngreme no menor tempo possível.

 

Kotor Bay, Montenegro

 

Para quem é mais velho, minhas dicas são: vai com tempo e só tente se o coração e as pernas estiverem boas. Aaaaah Si, mas que incentivo é esse? O caso, é que a cidade é pequena, as escadarias possuem um só acesso, os degrais são os mesmos do tempo feudal (sim, quase caí umas cinquenta vezes), é íngreme e longo pra xxxuxxxu. Então vai com calma, não quero ninguém passando mal por foto. Outra coisa, isso serve para quem tem criança pequena também. Aliás, roupa bem confortável e um tênis bom, pra qualquer idade.

 

Kotor Bay, Montenegro

 

Tem muitas paradas durante a subida. Inclusive em uma igrejinha pequena e muito linda (que eu não tenho nenhuma foto que presta pra colocar aqui [acho que vou ter que voltar], sorry). A segunda parada com a vista bem aberta é essa da foto acima. VALE CADA GOTA DE SUOR, sério. P.s.: na foto abaixo tem a torre da igrejinha que mencionei.

 

Kotor Bay, Montenegro

 

Sentem, tirem um tempo para admirar a vista, para olhar pra baixo e ver bem certinho aonde era o feudo e aonde a cidade começou a ser mais “moderna”.

 

Kotor Bay, Montenegro

 

A subida levou 20min e a descida (com o fator estamos quase perdendo o último barco para o navio) 10 min :X urheurhuehru mas juro que foi mais corrida que caminhada. Sobre restaurantes na cidade, não fomos em nenhum, infelizmente. Quem já fez cruzeiro sabe que não existe passar fome, quem não fez, quando fizer vai entender do que eu to falando. MAAAAAASSSSS, teve aquele sorveeeeetiiiinho exxxperto ruheurher Dentro do feudo (chamo assim porque fica mais facil de vocês se localizarem, já que é pequeno) tinha um pessoal vendendo gelato na rua mesmo, aí não teve como recusar né 😡 delicioso. Aaaaah, nas ruas dentro do feudo, não lembro te ter visto bicicleta, moto ou carro, então é tudo bem calminho (pode largar a criançada no chão).

 

Kotor Bay, Montenegro

 

Vou colocar mais fotos na galeria, e espero que vocês tenham gostado desse pequeno tour. Se tiverem a oportunidade de passar ao menos um dia em Kotor, tenho certeza de que vão se surpreender e amar. Vou deixar o link para o cruzeiro aqui, caso alguém queira fazer o mesmo roteiro ou algum que inclua Kotor. Obrigada pela atenção galera! Lembrem de nos seguir no insta @blogzerandoavida e qualquer dúvida, estamos à disposição ;** até loguinho!

Siane Camila Luzzi

Siane Camila Luzzi


Engenheira Ambiental, 27 anos, de coração e tradição gaúchos, está fazendo mestrado na UMN, em Minneapolis, EUA. Fica super ansiosa antes de qualquer viagem, do tipo hiperativa, que refaz a mala no mínimo 5x, fica correndo de um lado pro outro e não dorme nas noites anteriores à viagem. Contato: sianeluzzi@gmail.com

Leia também...


Comentários