Mount Rushmore
América do Norte

Mount Rushmore

América do Norte Caçada às cores do outono no hemisfério norte, Duluth e arredores Publicado por Siane Camila Luzzi em 4 de November de 2018

Não sei porque eu demorei tanto pra escrever sobre isso. O outono americano e canadense está entre na minha lista de paisagens mais lindas. Cheio de cores em uma natureza explendida, muita gente sai de todos os lugares do mundo entre setembro e outubro só pra conferir a mudança das folhas por aqui. Depois de morar no Canadá por um outono, a gente começa a se contagiar com toda essa mudança. As cores invadem todo o lugar, vão mudando a cada dia e enchendo a gente de alegria (especialmente quando o céu está bem azul). Trago aqui umas dicas pra quem quer admirar essa beleza e quem sabe planejar uma pequena road-trip por Duluth e os arredores.

 

Duluth, MN, USA

Vou tentar escrever pouco e colocar muita foto porque esse post é para os olhos urheuhruehr

 

Duluth, MN, USA

 

Quem já leu o post sobre a bolsa de mestrado (se não leu ainda, clica aqui) sabe que eu estou morando em Minneapolis. E isso significa que o outono aqui é super colorido e que também vamos dar umas voltas por aí pra ver como estão os outros lugares.

 

Duluth, MN, USA

 

Minneapolis fica à 5h da fronteira com o Canadá, de carro. O que quer dizer que a caça às cores de maple leaves está liberada depois da metade de setembro. Eu considero a segunda e a terceira de semanas de outubro as melhores para Duluth. Mas, para vocês ficarem mais seguros da escolha, o governo de Minnesota tem uma página na internet que permite que saibamos como as cores estão no estado todo, vale muito a pena acompanhar e planejar. O link está aqui.

 

Duluth, MN, USA

 

Nessa época vale a pena levar uma jaquetinha mais grossa, uma toca e um calçado que segura o pé quentinho, pois o vento é “de rachar”. Aí vão algumas ideias:

 

Duluth, MN, USA

 

Lá no final vai ter o print do roteiro no google maps, então vou falando um pouco de cada lugar antes. A primeira parada que vocês verão, será no Jay Cooke State Park. Eu coloquei nos dois roteiros, do ano passado e desse, e deixamos para ir na volta, mas sempre voltamos à noite. Então, sem fotos de lá. Duluth é a principal cidade antes da divisa com o Canadá. Lá tem campus da UMN com um dos melhores cursos de Eng. Química do país (faço propaganda mesmo ;P). A cidade é muito bonitinha e quero indicar um restaurante que fui uma vez (para os amantes de uma boa massa), o nome é Va Bene Caffe (Endereço: 734 E Superior St, Duluth, MN 55802).

 

Duluth, MN, USA

 

A foto acima é do Canal Park, em Duluth. Essa ponte é uma das principais atrações e não é muito difícil de vê-la levantando apra que um barco passe. Tem um farol e uma bela vista do Lake Superior.

 

Duluth, MN, USA

 

Antes de sair para o vento, vale a pena fazer um pit-stop no Rustic Inn Cafe (que fica um pouco pra frente de Duluth). Se saíram de manhã cedo, será perfeito para o almoço também, a comida é boa bem farta pelo preço. Mas lá, eles tem umas tortas bem tradicionais da região. Na verdade, me lembraram muito as tortas da Alemanha *-*

 

Duluth, MN, USA

 

Logo em seguida você vai querer parar no Gooseberry Falls State Park. São algumas cachoeiras que tem uns caminhos lindíssimos ao redor, vale muito fazer um hiking por lá.

 

Duluth, MN, USA

 

Acredito que esse seja o lugar com maior visitação durtante o fall.

 

Duluth, MN, USA

 

As paisagens são líndissimas e muito coloridas. Lá também tem um café, banheiro, e uma loja de souveniers. Ah, não precisa pagar para entrar. Só o estacionamento que pode ser concorrido, mas também é gratuito.

 

Duluth, MN, USA

 

Logo em seguida, paramos no Split Rock Lighthouse (o da primeira foto). São $10 por carro para entrar. Na minha opinião, é o lugar mais lindo. Depois que pagar, você pode descer para a direita e estacionar o carro perto da “praia”.

 

Duluth, MN, USA

 

Eu acho esse lugar charmoso demaaaaaais. Se não estiver muito frio, acho que é o lugar ideal para um piquenique. Tem mesinhas e tudo. Ah, e pra quem quiser subir no farol, pode também. É pago a parte, e eu tenho amigos que foram mas disseram que não vale muito a pena.

 

Duluth, MN, USA

 

A próxima para é o Tettegouche State Park que tem várias trilhas e visões lindíssimas também. A entrada nele também é gratuita.

 

Duluth, MN, USA

 

Por último, mas não menos importante, Cliff Estate Roads. Muito perto do Tettagouche, vocês vão encontrar essas formações rochosas bem grandes. Achei muito lindo (apesar do medinho de altura haha).

 

Duluth, MN, USA

 

Sobre a viagem em si, saímos antes do sol nascer e voltamos bem depois do sol se pôr. Se quiserem passar uma ou mais noites em Duluth, acho uma ótima ideia, se estiverem com a família e quiserem ficar mais na natureza mas em um lugar muito bom, Lutsen, ao norte dos Cliffs, tem umas cabanas maravilhosas (que lotam no inverno, por serem um ótimo resort de ski também).

 

Duluth, MN, USA

 

Uma fotinha com a galerinha da viagem desse ano, acima 😀 e uma com a galerinha do ano passado, embaixo :DDD valeu pela companhia e parceria pessoal!

 

Duluth, MN, USA

 

Siiiim, tava quase esquecendo da dica master -.- Logo depois de Duluth vocês tem duas opções de estrada, mas vou dizer qual é a mais linda. A North Shore Drive vai “costeando” (como diz o nono) o Lake Superior, e por ter limite de velocidade menor, você consegue aproveitar muito mais e fazer mais paradas. A outra alternativa (mais rápida) é seguir pela 61.

 

Duluth, MN, USA

 

Aí está o roteiro então galerinha! Espero que tenham gostado, qualquer dúvida, comentem aqui embaixo ou nos achem no insta, @blogzerandoavida beiiiijinhos e até logo! ;**

Siane Camila Luzzi

Siane Camila Luzzi


Engenheira Ambiental, 27 anos, de coração e tradição gaúchos, está fazendo mestrado na UMN, em Minneapolis, EUA. Fica super ansiosa antes de qualquer viagem, do tipo hiperativa, que refaz a mala no mínimo 5x, fica correndo de um lado pro outro e não dorme nas noites anteriores à viagem. Contato: sianeluzzi@gmail.com

Leia também...


Comentários